Bar do Dito “mai bão, mai bão, mai bão memo… dá té dó di vende!”

E nesta semana fomos até o irreverente e indiscutível no quesito alegria, no Bar e Restaurante Don Nery. Aposto que não sabe muito bem onde é? E se falarmos, Bar do Dito, ou popularmente Bar do Bolinho de Bacalhau? Por isso, já dá pra perceber, que nome é também o prato principal do bar, apreciado e degustado por valinhenses e demais vizinhos de Campinas, Vinhedo, Itatinga, etc. O Bar é de propriedade há 32 anos dos irmãos Benedito Jesus e José Luiz Oltremare. Há 23 anos eles atendem na Avenida Don Nery.

Pela avenida, de longe, já se tem uma ideia do sucesso que é o bar, principalmente ao final de expediente, onde o local se torna abrigo para amigos, famílias, casais de namorado. Com oito funcionários bem treinados, o ambiente é propício para o aconchego e para a tranquilidade em tomar uma cerveja no ponto e também diversos petiscos, inclusive o famoso bolinho de bacalhau.

“Quando pegamos esse bar estava todo falido, não tinha movimento nenhum. E fomos trabalhando, trabalhando, inventando a culinária, o jeito diferente de atender e com isso fomos ganhando freguês e amigos. É interessante e muito gratificante, pois os próprios freguês e amigos. É interessante e muito gratificante, pois os próprios fregueses fazem a propaganda. Até porque se você vai e gosta, você indica e principalmente, você volta”.

O bar oferece como carro chefe o bolinho de bacalhau, preparado na hora, com segredos no tempero que só o Bar do Dito sabe fazer. Mas, o sucesso só cresceu, quando Dito, um dos irmãos, começou a escrever de forma comida placas e faixas no bar, tornando mais simples e familiar. Muita gente parava na avenida para fotografar. A frase principal é “bão mai bão que dá até dó di vende”. “Soltamos uma faixa com esse bordão e começamos a trabalhar em cima do bolinho de bacalhau. E foi onde nós começamos e crescemos. Batalhamos dia a dia para que esse ambiente seja cada vez mais familiar”, contou Luiz.

Para eles, o motivo do profissionalismo é também a qualidade sendo prioridade. “Procuramos fazer e oferecer para freguesia tudo de qualidade, principalmente no atendimento. Fazemos amigos que indicam a outros amigos e nosso bar fica cheio de pessoas felizes, amigas que sempre voltam e nunca saem reclamando. Esse é nosso maior presente. A satisfação de que estamos trabalhando bem”.

Além do bolinho de bacalhau, há também o porpeta, bolinho de mandioca com carne seca, com catupiry, torresmo, espetinho de frango, porções mais variadas e tudo feito na hora. Além da cerveja gelada, o Bar do Dito também oferece um almoço, preparado com diferentes cardápios, todos os dias.

Luiz conta que há freguês que costuma sentar no mesmo local diariamente. Um deles é o advogado Carlos Alberto Rodrigues de Souza. “Tenho um escritório lá em Campinas e vou todos os dias para lá. Mas em Campinas, com certeza, não tem essa tranquilidade. Tirando o pessoal que é muito acolhedor, isso pra mim tornou um recanto, onde fiz várias amizades. Brinco que marcamos um território na mesa número 1, onde tem essa cadeirinha encostado nessa viga que é para descansar as costas, tomar um drinque, dar altas risadas e comer vários petiscos maravilhosos. Aquele que ainda não conhece está perdendo tempo”, convidou o freguês assíduo do Bar do Dito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • 19 3871 2522  |  19 3871 4044
  • contato@bardodito.com
  • Avenida Dom Nery, 392, Centro - Valinhos/SP